12 de fevereiro de 2016

The Sylvester and Tweety

Hello everyone! Já há muito tempo que está rubrica não aparece pelo blog, onde recordamos ou reavivamos as memórias dos desenhos animados, sendo assim hoje trago - vós estes desenhos animados de certo que todos nós recordamos dele, um gato bem maroto chamado Silvestre que passava a maior parte do seu tempo a perseguir um passarinho bem amoroso e amarelo o Tweety.  A personagem da avó senhora esta que possuía a seguinte veste: uma blusa branca e uma saia azul, adorava os animais e ao longo da série aparece um bulldog entre outros, e o Silvestre que faz de tudo para tentar comer o Tweety.

10 de fevereiro de 2016

Thought / Reflection #3


Hello everyone! Na rubrica desta semana de "pensamento /reflexão" trago - vós a seguinte frase:

8 de fevereiro de 2016

Decorating house

Hello everyone! Na sugestão de decoração desta semana trago - vós uma casa - de - banho bem modera em tons claros com alguns apontamentos de cor em destaque, um quarto absolutamente fantástico em tons de cinza e branco, uma cozinha com boa luz natural em tons brancos com mobília em tons castanho e por fim uma sala de estar moderna, elegante em tons de cinza e branco com apontamentos de cor.


5 de fevereiro de 2016

Suggestions for Carnival

Hello everyone! No post de hoje trago - vós algumas sugestões de máscaras para o Carnaval, mas sendo folião ou não e queres te mascarar para te divertires com os amigos, aqui ficam umas sugestões em que não precisam de gastar dinheiro em fatos ou em máscaras, apenas temos de dar uma vista de olhos para o nosso guarda - roupa e ver se temos as peças para formar ou construir assim a nossa máscara.


    • Máscara para uma bandida                                                 Máscara para Cowgirl
Imagens retiradas do Pinterest

3 de fevereiro de 2016

Thought / Reflection #2



Hello everyone! Nesta semana na rubrica  "pensamento / reflexão" trago - vós a seguinte citação:

"Parece - me que o sorriso, é só ele, faz aquilo a que chamamos a beleza de um rosto." Frase do escritor Leon Tolstói